top of page
Creative Storytelling

Uma história sobre mudanças climáticas

Nakhodha e a Sereia

Suba no dhow e navegue pela secular cultura marítima da Ilha de Moçambique que está em risco de desaparecer.

Experiência (sub) imersiva * Realidade Virtual

CONCEITO

Nakhodha e a Sereia é uma instalação de arte, uma experiência imersiva, multisensorial que alerta para a forma como populações costeiras africanas, que durante largos séculos mantiveram uma relação harmoniosa com o mar, estão sendo afetadas pelas consequências do aquecimento global — um problema para o qual não contribuíram. 

 

A instalação, na Ilha de Moçambique, junta cânticos e contos de pescadores e mulheres do mar, em aúdio 360 graus, a projeções vídeo mapping também em 360 graus que mostram o conhecimento, a sabedoria e a ciência das populações costeiras, fortemente marcadas pela cultura Suaíli.

 

A experiência imersiva propōe a experiência do ciclo de iniciação de um capitão do Oceano Índico - o Nakhodha, um guardião da sabedoria do mar, e a sua história com uma uma criatura do mar- a sereia. A bordo do dhow, o visitante dispõe de óculos de realidade virtual, que os lançam numa assombrosa viagem, no tempo e no espaço, acompanhando as mudanças climáticas e a vida das populações locais, ao mesmo tempo que seguem a fascinante história de amor entre o Nakhodha (cujo lugar ocupam) e uma sereia (a força e a sabedoria da natureza). 

Esta é uma experiência para a vida. Uma experiência para mudar vidas. 

DC4177F0-3343-401A-ABDC-281232EDC42E_1_105_c_edited.jpg
Nakhodha e a Sereia.jpeg

Nakhodha e a Sereia, celebra habilmente as tradições culturais, ao mesmo tempo que transmite conhecimentos intergeracionais, utilizando a tecnologia imersiva para criar uma "experiência de afogamento imersiva" sem precedentes, com o objectivo de alertar para a subida do nível do mar, efeito do aquecimento global alertando para a urgência de proteger o património cultural marítimo suaíli antes que este desapareça.

A instalação encontra-se aberta a visitantes, sob marcação, num armazém da antiga Alfândega da Ilha de Moçambique, local onde, até ao século XIX, se recolhiam pessoas escravizadas, a caminho dos Américas, parte integrante da instalação.

Whales singing
00:00 / 00:33

Em parceria com

Implementado por

Fundado por

Co-financiado por

bottom of page